domingo, maio 26, 2024
domingo, maio 26, 2024
Início Atitude Ministério resgata mais de 300 deficientes na Ucrânia

Mais Populares

Conheça 10 alimentos que ajudam a combater a prisão de vente

Se você está se sentindo constipado, estes 10 alimentos ajudam a combater a prisão de ventre e vão te livrar dessa dificuldade que tanto...

Cochilar durante o dia preserva a saúde do cérebro e previne contra demência

Achar um tempinho para cochilar durante o dia ajuda a manter a saúde do cérebro e ainda diminui o risco de demência. Uma pesquisa...

Maçã aumenta imunidade e reduz em até 20% Síndrome da Fragilidade em idosos

Uma maçã por dia é o suficiente para aumentar sua imunidade e diminuir os riscos da Síndrome da Fragilidade, doença que reduz a massa...

Banana faz bem para humor, sono e coração

A banana, fruta abundante no Brasil, é exaltada pela sabedoria popular e também por especialistas que vão além, mostrando uma lista imensa de benefícios...

Comentários Recentes

Ministério resgata mais de 300 deficientes na Ucrânia

Há mais de 50 anos, um acidente de mergulho deixou Joni Eareckson Tada em uma cadeira de rodas incapaz de andar, desde então, ela tem sido uma forte defensora das pessoas com deficiência.

O último trabalho de Joni envolve resgatar pessoas presas na Ucrânia desde que a Rússia invadiu o país. Recentemente ela revelou as dificuldades que muitos têm enfrentado.

“Imagine se você é tetraplégico como eu e está em Mariupol sendo bombardeado e com ataques de foguetes, não é como se você pudesse pular da cama, pegar algumas coisas, correr pela porta da frente. E assim, muitas dessas pessoas com deficiência estão presas em prédios de apartamentos e porões”, disse.

O ministério “Joni and Friends” está resgatando ucranianos com deficiência – (Foto: Facebook/Joni and Friends)

Segundo ela, seu ministério Joni and Friends está ajudando a tirar muitos da zona de guerra, e tem trabalhado com sua parceira no país, Galina, tendo evacuado mais de 300 pessoas com deficiências até agora.

“Galina e nossas equipes têm procurado essas pessoas mesmo nas partes orientais mais perigosas da Ucrânia para resgatá-las e levá-las através da fronteira e para um porto seguro não só na Polônia, mas na Alemanha e nos Países Baixos”, revelou.

A construção de um centro de deficientes na Ucrânia chamado “Casa de Joni” teria começado pouco antes da invasão russa, destinado a atender às necessidades espirituais, físicas, econômicas e sociais das pessoas que vivem com deficiência.

Segundo a CBN News, o ministério estabeleceu vários centros de deficientes em todo o mundo, e apesar de a guerra ter forçado o ministério a redirecionar seus esforços, não impediu a divulgação.

“Essas pessoas estão exaustas, chocadas, mas mesmo assim estão praticando o cristianismo com as mangas arregaçadas. Por favor, ore por Galina e sua rede de amigos que estão fazendo o valente e muito corajoso esforço para entrar nas partes mais perigosas e encontrar essas pessoas e trazê-las em segurança”, concluiu.

 

Fonte: Gospel Prime

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui